quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Hoje a azafama é total nos centros comerciais, comprar, comprar é o que vai na cabeça de toda gente. Presente para o amigo, para o amigo do amigo, para o cão, para o gato...delirio total...parece que anda tudo maluco de um lado para o outro...agora é assim o espirito de natal, consumista...saturado!
Magia...essa é raro encontra-la...a não ser em vagas horas onde as luzes e a música propicia da época encanta as ruas...onde o cheiro doce anda no ar e nos faz parar no banco da cidade admirar o céu...sob o frio que aperta, ainda que por breves momentos.É bom parar o tempo!
Hoje assim me apetece fazer, apetece fugir dessa confusão, dessa maluqueira que todos se deixam apanhar sem parar para pensar onde está o do verdadeiro espirito de natal. Muito sinceramente pesa muito mais a miséria que cruzamos ao virar da esquina mas a primazia é olhar apenas para o nosso umbigo...é este o espirito de natal ..é passar ao lado e fazer de conta que não existe miseria, e esta é a verdadeira miséria, é a miseria do nosso espirito.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

São os pequenos grandes momentos que valem apena

Quando nos seguram a mão e "torcem por nós na bancada" o animo de seguir em frente é muito maior. Obrigada.
Nada acontece por um acaso nao é amiga? Ainda bem que não!
Demasiado bom ter-te ao meu lado e rires e chorares comigo...são esses momentos que fazem valer apena que me fazem levantar e continuar o caminho.
A vida é feita de momentos...o que importa é faze-los valer apena, é junta-los para obtermos a nossa felicidade.

domingo, 13 de dezembro de 2009

O tempo as vezes diz-me tanto e outras vezes tão pouco...


Mas os momentos esses...esses ficam bem registados na minha memória...